Descobrir a Polónia

8 Dias

10 A 17 DE SETEMBRO DE 2021

Visitando: Gdansk, Malbork, Torun, Varsóvia, Czestochowa, Nowa Huta, Cracóvia, Wieliczka, Zakopane, Auschwitz E Wadowice

10 Setembro ( Sex.)- PORTO ou LISBOA / GDANSK / SOPOT / GDANSK
Comparência em hora a indicar no Aeroporto. Formalidades de embarque assistidas por um delegado da GeoStar. Partida em voo regular com mudança de avião em cidade da Europa com destino a Gdansk. Chegada ao Aeroporto Lech Walesa. Formalidades de desembarque. Transporte a restaurante local para almoço. De tarde, viagem até Sopot, popular estância termal, conhecida por ter o maior cais de madeira da Europa e por acolher o festival internacional da canção, o maior a seguir ao Festival da Eurovisão. Cidade plantada à beira-mar, Sopot é considerada o melhor centro de animação noturna da região. Uma das principais atrações da cidade é o edifício irregular Krzywy Domek (conhecido como “Casa Curva” ou “Casa Retorcida”), e que é um Shopping ceCenter, bem como centro de negócios e serviços. Transporte ao hotel em Gdansk. Instalação. Jantar e alojamento.

11 Setembro (Sáb.) - GDANSK / MALBORK / GDANSK
Pequeno almoço no hotel. Saída para visita panorâmica de Gdansk, importante cidade portuária da província da Pomerânia que teve o seu auge durante a época da Liga Hanseática (uma aliança de cidades mercantis - alemãs ou de influência alemã - que estabeleceu e manteve o monopólio comercial sobre quase todo o Norte da Europa e Báltico, em fins da Idade Média e começo da Idade Moderna (entre os séculos XII e XVII). Abrangeu cerca de 100 cidades, com Lubeque como centro. De início com caráter essencialmente económico, desdobrou-se posteriormente numa aliança política) altura em que tinha o monopólio de comércio para quase toda a Europa, servindo como fortaleza, porto de pesca e centro comercial de âmbar e artesanato. Em 1920, devido ao Tratado de Versalhes, ganhou o estatuto de "cidade livre", sendo criado o "corredor de Danzig", através do qual a Polónia teve livre acesso ao mar Báltico, entre outros direitos especiais, sendo protegida pela  Liga das Nações. A ocupação desse corredor pela Alemanha Nazi esteve na origem da Segunda Guerra Mundial, em  1939. A cidade viveu muito tempo sobre domínio alemão e foi altamente destruída durante a guerra. A maioria das construções atuais são fruto de restauros segundo arquivos da época tentando manter ao máximo a traça original. Passaremos pelos locais mais emblemáticos do centro histórico, nomeadamente a histórica Fonte de Neptuno, a Catedral de Santa Maria e a Catedral de Oliwa, dedicada à Santíssima Trindade. Almoço em restaurante local. De tarde, viagem até Malbork, cidade polaca a cerca de 60km de Gdansk, para visita ao maior Castelo da Ordem dos Cavaleiros Teutónicos (ordem religiosa católica romana alemã de cruzados) da Europa. Construído por Siegfried von Feuchtwangen, inicialmente como convento, foi evoluindo ao longo de 230 anos transformando-se num exemplo clássico de fortaleza medieval. A ordem chamou-lhe Marienburg (Castelo de Maria), o mesmo nome que receberia a cidade que cresceu em seu redor e que hoje se chama Malbork. Autêntico labirinto, o castelo é Património Mundial da UNESCO desde 1997. Regresso a Gdansk. No final, transfere ao hotel. Jantar e alojamento.

12 Setembro (Dom.) - GDANSK / TORUN / VARSÓVIA
Pequeno almoço no hotel. Saída para Torun, cidade pitoresca localizada na margem do Rio Vístula, fundada em 1231 pela Ordem dos Cavaleiros Teutónicos e terra natal de Nicolau Copérnico. Outrora parte da Liga Hanseática, grande centro comercial, cultural e tecnológico da Europa Medieval, foi das poucas cidades polacas que não sofreu grandes danos na Segunda Guerra Mundial, mantendo a maioria das suas construções medievais bem preservadas, o que permitiu a elevação da cidade a Património Mundial da UNESCO. Visita panorâmica seguida de almoço em restaurante local. De tarde, continuação da viagem até Varsóvia. Chegada e inicio da visita panorâmica de Varsóvia, cujo centro histórico faz parte da lista de Património Cultural da Humanidade. Passagem ao longo da Rota Real, com os seus belos palácios, as residências aristocráticas, as estátuas famosas e as igrejas históricas, e o Parque Real Lazienki. Transporte ao hotel. Instalação. Jantar e alojamento.

13 Setembro (Seg.) - VARSÓVIA / CZESTOCHOWA / CRACÓVIA
Pequeno almoço no hotel. Continuação da visita panorâmica de Varsóvia. Inteiramente reconstruído depois da 2ª Grande Guerra Mundial, o centro da cidade é um excelente exemplo do compromisso entre os valores históricos e as necessidades modernas, com galerias de arte, lojas, restaurantes encantadores, cafés e olarias. Merece particular destaque a Catedral de São João, o Castelo Real com a coluna do rei Sigismund Waza, a Praça do Mercado e o monumento ao grande compositor Frederic Chopin. Almoço em restaurante local. De tarde, saída em direção a Czestochowa, importante centro de peregrinação Mariano. Visita ao famoso Mosteiro de Jasna Gora, onde, na Capela de “Nossa Senhora de Czestochowa“, também conhecida como a Virgem Negra, se encontra a imagem da Virgem. A imagem é uma grande placa de madeira de tília de 82 por 122 centímetros, que mostra uma representação em forma de ícone da Mãe de Deus e do Menino Jesus. Está localizada na Capela da Nossa Senhora, na montanha brilhante (Jasna Góra), tendo sido severamente danificada numa invasão hussita em 1430. Como sinal da sua devoção, o Papa João Paulo II concedeu ao Santuário Mariano uma Rosa de Ouro, bem como o cinto perfurado por uma bala no atentado que sofreu em 1981. Ambos os presentes estão agora colocados diretamente ao lado da Imagem. Continuação para Cracóvia, declarada pela UNESCO como Património da Humanidade. Chegada ao hotel. Instalação. Jantar e alojamento. 
 
14 Setembro (Ter.) - CRACÓVIA / NOWA HUTA / WIELICZKA / LAGIEWNIKI / CRACÓVIA
Pequeno almoço no hotel. Saída para o Bairro de Nowa Huta, que hoje faz parte de Cracóvia devido ao crescimento da cidade (situa-se a cerca de 10Km do centro histórico da cidade), mas que aquando da sua construção, durante a época comunista, foi construída seguindo o modelo soviético, para mostrar ao povo polaco a bondade do regime comunista, já que Cracóvia foi um dos principais focos anticomunistas da Polónia. Visita à famosa Igreja de Arka Pana, símbolo dessa resistência. O peculiar templo conta com uma história complicada. As autoridades comunistas negavam a construção de uma igreja no novo bairro, o que motivou diversas manifestações que terminaram em choques violentos. Os membros da paróquia colocaram uma cruz de madeira no lugar onde queriam colocar a construção em 1957, mas não tiveram a permissão necessária. Em 1960, Karol Wojtyla (arcebispo de Cracóvia) decidiu dar uma missa no lugar onde estava a cruz de madeira e, depois disso, as autoridades autorizaram a construção. Com a ajuda de diferentes doações procedentes de todas as partes do mundo, o sonho finalmente se tornou realidade. A Igreja é tão singular vista do exterior, coberto com mais de dois milhões de pedras, como do interior, revestido de peças de madeira que lembram a parte inferior do casco de um barco. No meio da característica construção destaca-se uma surpreendente escultura da Crucificação. Regresso a Cracóvia. Início da visita da cidade, começando pela Praça Medieval, considerada uma das maiores da Europa, e passando pelos seus subúrbios, que se mantiveram inalterados desde há 700 anos. Destaque para a Casa dos Panos, do Séc. XVI, a Igreja Mariana e a antiga Catedral do Cardeal Wojtyla (que veio a ser o Papa João Paulo II), e que conserva ainda os túmulos de Reis Polacos e o de S. Estanislau. Almoço em restaurante local. De tarde, saída em direção a Wieliczka, para visita às famosas Minas de Sal, local onde os mineiros polacos construíram autênticas catedrais, fruto da sua grande religiosidade. Poderemos observar cerca de 20 salas em 3 andares, cheias de belas estátuas construídas em sal. A viagem prossegue para Lagiewniki, centro mundial da Divina Misericórdia e do túmulo Santa Faustina (Irmã Faustina Kowalska). Visita ao Mosteiro. Regresso a Cracóvia. Jantar e alojamento.
 
15 Setembro (Qua.) - CRACÓVIA / AUSCHWITZ / WADOVICE / KALWARIA ZEBRZYDOWSKA / CRACÓVIA
Pequeno almoço no hotel. Partida em direção ao campo de concentração de Auschwitz, um dos maiores símbolos do nazismo, local de extermínio de milhões de prisioneiros, entre eles o Beato Maximiliano Kolbe. Este campo funcionou entre 1940 e 1945. Podemos ver uma exposição sobre o campo e as várias salas, que contêm pertences dos prisioneiros, os dormitórios, os banhos, e os fornos,  que nos lembra as cenas de  terror que ali tiveram lugar. Almoço em restaurante local. Continuação para Wadovice, terra natal de Sua Santidade João Paulo II. Visita à casa onde ele nasceu, hoje museu, e à Igreja onde foi batizado. Prosseguimos para a pequena vila de Kalwaria Zebrzydowska, o lugar de peregrinação mais popular da Polónia, depois do Santuário de Czestochowa. Aqui existem mais de 40 capelas evocatórias da vida de Jesus. Regresso ao hotel em Cracóvia. Em hora a informar, transporte a restaurante local para jantar típico com espetáculo de folclore. No final, regresso ao hotel. Alojamento.

16 Setembro (Qui.) - CRACÓVIA/ZAKOPANE/CRACÓVIA
Pequeno almoço no hotel. Saída em direção a Zakopane, estancia turística situada nas montanhas. Subida em funicular ao Monte Gubalowka, de onde se pode apreciar a magnifica vista das Montanhas Tatra. Descida ao centro histórico de Zakopane. Visita panorâmica da cidade. Merece particular destaque a original arquitetura de madeira, especialmente nas várias casas e igrejas de telhados bicudos. Visita à Igreja de Nossa Senhora de Fátima, construída em 1995, e cujos vitrais contam as aparições de Fátima. Almoço em restaurante local. De tarde, embarque num fabuloso passeio pelo Rio Dunajec Gorge, onde poderemos observar uma das áreas mais selvagens do Sul da Polónia, o Parque Nacional Pieninski, com os seus animais, plantas e aves únicos. Regresso ao hotel em Cracóvia. Jantar e alojamento.

17 Setembro (Sex.) - CRACÓVIA /PORTO OU LISBOA
Pequeno almoço no hotel. Em hora a informar, transporte ao Aeroporto. Formalidades de embarque e partida com destino a Lisboa ou Porto em voo com escala em cidade da Europa. Chegada. Formalidades de desembarque e continuação da viagem até ao local de origem.

 

Preços
Quarto duplo (mínimo de 20 participantes) ........................................ 1.790,00€
Suplemento para Quarto Individual ........................................ 275,00€

Documentos Obrigatórios:
- Cartão do Cidadão ou Bilhete de Identidade (válido para a viagem).
- Possibilidade de Obrigatoriedade de teste PCR Negativo, em impresso escrito em Inglês, efetuado no máximo até 72 horas antes do embarque e no regresso. Medida a aplicar a confirmar mais próximo da data da viagem.

 

O preço mencionado inclui:
- Passagem aérea em voos regulares (via cidade da Europa), classe económica, com direito ao transporte de 1 mala de porão até 23 kg (1 peça por pessoa com dimensões máximas de 158cm) + 1 mala de mão até 8kg (1 peça por pessoa com dimensões máximas de 55cmx40xmx23cm);
- Taxas de aeroporto, segurança e combustível (€ 144,78);
- Transporte em autocarro de turismo dos aeroportos aos hotéis e vice-versa;
- Circuito em autocarro privativo de turismo com ar condicionado;
- Estadia em hotéis de 4* centrais , em quarto com banho ou duche;
- Refeições de acordo com o presente programa de viagem (menú fixo), com água em jarros incluída;
- Excursões e visitas de acordo com o presente programa, orientadas por guias locais a falar português ou espanhol (conforme disponibilidade) em Gdansk, Malbork, Torun, Czestochowa, Cracóvia, Wieliczka, Auschwitz e Wadowice;
- Entradas pagas: Sopot: Molo; Gdansk: Catedral Santa Maria | Malbork: Castelo | Czestochowa: Mosteiro de Jasna Gora | Cracóvia: Igreja de Santa Maria, Catedral de Wawel | Wieliczka: Minas do Sal (inclui descida e subida em elevador) | Zakopane: Funicular e Igreja Nossa Senhora de Fátima | Auschwitz: Museu (inclui sistema audio obrigatório) | Wadowice: Museu e Basílica João Paulo II | Nowa Huta: Igreja de Arka Pana;(As visitas poderão estar sujeitas a alterações por eventuais restrições locais);
- Passeio de barco no Rio Dunajec (se as condições metereológicas o permitirem);
- Taxas hoteleiras, de turismo, serviço e IVA;
- Guia acompanhante (a falar português) durante todo o circuito terrestre;
- Seguro de viagem;
- Mochila GeoStar, incluindo kit de higienização (máscara e gel desinfetante).

O preço mencionado não inclui:
- Bebidas às refeições, refeições especiais e não mencionadas;
- Extras de carácter pessoal e o que não esteja devidamente especificado no presente programa.

 

Alteração de Preços
Os preços constantes neste programa estão baseados nos custos dos serviços vigentes à data da impressão e para o mínimo de participantes indicado, pelo que estão sujeitos à alteração que resulte de variações no custo de transportes, de direitos, impostos, taxas de aeroporto, segurança e combustíveis, ou da diminuição do numero de participantes.

Seguro de Saúde
Tratando-se de uma viagem por um país da EU deve ser pedido no CRSS ou na Loja do Cidadão o Cartão Europeu de Seguro de Doença.

NOTAS:
Esta viagem realiza-se com mínimo de 20 participantes;
Em caso de cancelamento até dia 8 de Julho, o valor depositado será reembolsado na integra no espaço de cinco dias uteis após o cancelamento;
A agencia reserva-se o direito de cancelar a viagem por falta de número mínimo de participantes, reembolsando de imediato a totalidade de valores previamente recebidos.
Em caso de adiamento de viagem por motivos legislativos (encerramento de fronteiras; proibição da saída e/ou entrada em países, etc…), o participante fica automaticamente inscrito na data de adiamento, ou em alternativa, poderá cancelar participação, sendo-lhe reembolsado na integra o valor depositado.

 

Inclui Seguro de Cancelamento Antecipado ou Interrupção de Viagem (de acordo com o capital estipulado na apólice) e incidentes relacionados com o novo coronavírus, que possam ocorrer durante o circuito.

 

Para mais informações, reservas ou programas à medida, consulte-nos em:

Tel.: 351 211 572 000

 t.cultural@geostar.pt